Uma vitrine para a valorização das culturas

 

Já conhece a Mary Afro?

A Mary (Maria das Neves Santana) é uma mulher negra, de 65 anos, costureira e modista, com experiência de mais de 40 anos na cidade de Mauá (São Paulo), trabalhando com os mais variados segmentos: da moda casual, passando pela clássica e incluindo a moda festa.

Em 2015, sua filha fez uma viagem para Angola e voltou trazendo, além da experiência, uma mala repleta de tecidos africanos. Foi aí que surgiu uma ideia: alinhar a experiência de anos em costura com uma produção de peças conectadas com a identidade negra, por meio dos tecidos africanos, assim nasceu a MaryAfro.

A MaryAfro passou a ser uma marca de vestuário com peças inspiradas no continente africano... Todas as roupas são confeccionadas em/com tecidos africanos, principalmente o WaxPrint e o Ankara, mesclando a beleza dos tecidos com modelagens originais e contemporâneas.

Hoje, a marca vem se consolidando com participação em feiras especializadas em
afroempreendedorismo e além do ateliê na cidade de Mauá, das redes sociais(Facebook e Instragram), comercializa suas peças no Afropolitan Station, uma loja colaborativa na cidade de São Paulo, com foco na produção de afroempreendedores.

“Dabi Me Nsoro-Mo Bepue” – minha estrela brilhará um dia – é a frase que define o Adinkra, símbolo dos aka, grupo étnico-cultural presente em Gana, Costa do Marfim e Togo, que inspira as produções da MaryAfro.

Os adinkras são símbolos que podem ser traduzidos em provérbios e que transmitem os valores da cultura akan. Com as peças da MaryAfro também é assim: esperamos que as peças e os seus tecidos repletos de significados sejam não simplesmente uma roupa, mas uma vitrine para a valorização das culturas africanas e afro-brasileira, e como o adinkra que norteia nosso trabalho, possam transmitir esperança e confiança.

 

Conheça a coleção aqui.

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados